domingo, 4 de maio de 2008

PENSAR



Ao longo dos anos fui constatando que sou uma pessoa que pensa demais. Penso demais em tudo... até para a compra de uma simples coisa eu penso demais!Todas as decisões importantes da minha vida foram devidamente pesadas, analizadas, exploradas até à mais pequena particula. Levo tempo a tomar uma decisão, não consigo fazer de outra maneira. Não sou aventureira, mas gostaria de o ser, tenho sempre de pesar os prós e os contras. Tanto pensamento ainda me faz ficar mais indecisa, mais confusa, nada esclarecido.
Devido a essa caracteristica tenho a perfeita consciencia de que perdi e não aproveitei muitas coisas na minha vida, muitas hipoteses, até quem sabe uma vida completamente diferente. Não sei nem tenho maneira de o saber. Não sei se os meus passos foram acertados ou completamente errados, não sei se aproveitei tudo o que deveria de aproveitar, não sei se vivi ou se pensei demais para o fazer. Não sei...
Nos meu altos vôos no mundo dos sonhos, vivo tudo e não vivo nada. Os pensamentos levam-me a todo lado, mas na realidade não saio do mesmo sitio. Vôo com uma musica, com uma gota de chuva, com um pássaro a voar, com o reflexo da luz sobre o mar... vivo outras vidas, tomo decisões que não passam do meu coração, que não aparecem, que não se transformam em realidade!
Mas neste momento apetece-me fazer tudo, não pensar, deixar andar, aproveitar tudo aquilo que for colocado à minha frente! Só tentando é que nos podemos queixar... se não tentarmos tudo, nunca poderemos saber como poderia ter sido! Viver acima de tudo, sem confusões, sem indecisões, sem medos!
Quero muito, mas será que consigo saber como é que isso se faz? Acho que não vou pensar mais nisso...
Pra que pensar demais..!

7 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Eu penso demais quando é para comprar algo que considero caro, penso pra caramba! Penso demais nos porquês da existência! Mas de resto não penso tanto, já fiz muita besteira nessa vida, já quebrei a cara de todos os jeitos, foi um horror e uma benção! Sei que errei muito mas sinto que vivi bastante coisa e essa sensação de ter vivido acho que supera!

Beijos

Juliana Caribé disse...

De vez em quando, é melhor não pensar mesmo...

Beijo.

Teresa disse...

ixi pensar é algo típico do meu cotidiano. tudo que eu faço eu tenho que parar e pensar muito antes.

às vezes atrapalha. Mas pensar não é tão ruim. só acho que a vida precisa de mais aventura. e aventura de verdade acontece sem pensar muito, pq ninguém em sã consciência se submeteria a riscos hehehe

=*

Cássia disse...

Aiaiaia. És bem parecida comigo. Penso tanto que chega a sair fumacinha da minha cabeça.

Aff. Melhor as vezes nem penasr mesmo.

Praquê?

Bjus**

Nathália disse...

Eu penso demais, pra tudo! Tudo!
Só de vez em quando tenho surtos de impulsividade. Sempre depende. Depende do assunto, depende do que significa pra mim.

Embora a impulsividade pareça ser super charmosa, analisar bem tem lá suas vantagens. :D

Beijo!

Toninho Moura disse...

Você pensa, logo existe!

Chavão, eu sei..., mas o pensar é o que nos guia. Pensar demais pode ser meio chato, mas pensar "de menos" é bastante perigoso!

Marcela ツ disse...

Cara, deixa eu te falar umas coisas:
Teu blog ta um luxo, sabia, Elis? Adoorei!
Desculpe a minha ausência forçada, sem computador e dependendo de faculdade é dificil estar ativa na blogosfera.... =/
Mas muito obrigada pelas visitas, senti sua falta esses dias em que nao passei por aqui!

Boa semaninha pra vc, beeeeijos!