segunda-feira, 19 de maio de 2008

AMAR DE AMAR



Ela amava demais. Amava Pedro, amava Carlos, amava João, amava Flora, amava Laura, amava Elis, amava Rogério e André. Ela amava com tamanha intensidade, que seu amor a corroía. Ela chorava. Amava as plantas; conversava com elas! Também os animais - não matava insetos.Ela sabia amar a todos. Ou não sabia, já que por todos sofria. Ela amava o planeta, e, por ele sangrava.Ela não comia carne e não gostava de arrancar os vegetais; ela também os amava!
Seus dias eram tristes, eram longas horas de dor. Ela chorava, se descabelava de tanto amor!
Ela sorria para todos; sua voz afável, seus gestos doces; queria fazer o bem – sempre. Muitas vezes não saía de casa por não ter condições de ser a pessoa especial que gostaria de ser, sem enxergar o quanto já era especial! Ela era tão doce, tão meiga...
... Tão doce, tão meiga; tão triste e tão distante... Ela acordava triste! E chorava ao ver o dia tão lindo e não conseguir digeri-lo! Ela recolhia-se triste; mergulhada em lágrimas que depois de hora, ajudavam-na a dormir – quentinhas -, entre seu rosto melancólico e o travesseiro. Ela dormia mal, comia mal, mas sempre sorria! Tinha sempre palavras necessárias na ponta da língua - necessárias para a manutenção da harmonia, da satisfação daqueles que amava (e eram tantos!).
Garota , pobre Garota...
Amando a todos, esqueceu-se de amar-se, entupiu-se de fantasias: tão coloridas; não saborosas, mas fortes o suficiente para fazê-la sonhar! Ela agora sonhava. Ela partia para o sonho, para as cores, para os cheiros, para sentir (enfim!) a leveza de tudo o que amava. Ela agora morria...!!

5 comentários:

Toninho Moura disse...

Amar de mais só é bom quando direcionado a uma coisa, ou a uma pessoa só!

♥ Camila disse...

Amei o texto... Antes mesmo de amar algueém ou qualquer outra coisa o amor próprio tem que existir .
Parabéns pela historinha! ; )

Gusta Fernandes disse...

Amar ... e morrer de amar ...
uma contradição tão bonita entre a alegria de amar e tristeza de amar demais... Lindo o texto!!!
Ela morre mesmo?
Fiquei com pena dela !!!
Como pode uma pessoa tão boa morrer assim??

Adorei seu blog e principalmente esse texto!!! (perfeito)

>>BjaUm!<<

Natália disse...

Pois é, até mesmo o amor é coisa que deve ser bem administrada, pois tudo que é em excesso corrói. Até mesmo o sentimento mais nobre do mundo.

Bjus e obrigada pela visita!

''[G]ü[R]ÿ disse...

oi.. te achei no blog do 'olhos virtuais', e bem, adorei seu blog! d+ .. e esse ultimo post de amar, então. Simplesmente lindo!
e concordo: amar demais é bom, porém se não amar a si mesmo, no final a gnt morre para nós mesmos, morremos para a realidade.
viu.. se puder visite meu blog tb.
pq eu voltarei aki sim!
té mais
alohaa