segunda-feira, 14 de junho de 2010

E finjo demencia.... nos meus atos...



"Ando meio fatigada de procuras inúteis e sedes afetivas insaciáveis."
E ando tendo uma pressa, uma urgência. E uma compulsão horrível de quebrar imediatamente qualquer relação bonita que mal comece a acontecer. Destruir antes que cresça......

"Para que não me firam, minto (...) E tomo a providência cuidadosa de eu mesmo me ferir, sem prestar atenção se estou ferindo o outro também."
No meu demente exercício para pisar no real, finjo que não fantasio. E fantasio, fantasio. Até o último momento esperei que você me chamasse pelo telefone...e voc~e não me ligou..... ( C.F) finjo demencia

3 comentários:

BOMBA H disse...

Sempre finjo,
mas nunca me engano.

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

finjo e me entrego ao leve toque de algo que me faz tremer a carne

Srtª Elis° disse...

ahhhh bomba h :*eu me enjano as vezes...
ahhh Ediney:tremer a carne eu tb me entrego assim...
bjs!