quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Sonhar ..de amar...


Ela amava demais. Amava Pedro, amava Carlos, amava João, amava Flora, amava Laura, amava Elis, amava Rogério e André. Ela amava com tamanha intensidade, que seu amor a corroía. Ela chorava. Amava as plantas; conversava com elas! Também os animais - não matava insetos.Ela sabia amar a todos. Ou não sabia, já que por todos sofria. Ela amava o planeta, e, por ele sangrava.Ela não comia carne e não gostava de arrancar os vegetais; ela também os amava!
Seus dias eram tristes, eram longas horas de dor. Ela chorava, se descabelava de tanto amor!
Ela sorria para todos; sua voz afável, seus gestos doces; queria fazer o bem – sempre. Muitas vezes não saía de casa por não ter condições de ser a pessoa especial que gostaria de ser, sem enxergar o quanto já era especial! Ela era tão doce, tão meiga...
... Tão doce, tão meiga; tão triste e tão distante... Ela acordava triste! E chorava ao ver o dia tão lindo e não conseguir digeri-lo! Ela recolhia-se triste; mergulhada em lágrimas que depois de hora, ajudavam-na a dormir – quentinhas -, entre seu rosto melancólico e o travesseiro. Ela dormia mal, comia mal, mas sempre sorria! Tinha sempre palavras necessárias na ponta da língua - necessárias para a manutenção da harmonia, da satisfação daqueles que amava (e eram tantos!).
Garota , pobre Garota...
Amando a todos, esqueceu-se de amar-se, entupiu-se de fantasias: tão coloridas; não saborosas, mas fortes o suficiente para fazê-la sonhar! Ela agora sonhava. Ela partia para o sonho, para as cores, para os cheiros, para sentir (enfim!) a leveza de tudo o que amava. Ela agora morria...!!


PSIU:::Mais ela luta..luta....luta..sempre ele sempre estará aqui. lembrando que tem uns selinhos para mim postar aqui no blogue na proxima irei colocar tudinho certo amigos blogueiros.....xero a todos !

6 comentários:

Tati Rodrigues disse...

'melancolia não é obra do acaso'...

existem alguns e algumas, poucos e poucas é verdade, que amam demais, são exagerados nisso e por isso não cabem no mundo pq o mundo que vêem não lhes cabe... e nunca é o suficiente... tem o dom de sentir o mundo e por isso o mundo não os sente, nem os nota... mas estão aí como uma chama que nunca se apaga.

ame mais. sempre mais.
pq o amor constrange e é contagioso.

bjs guria. até.

Daniel Savio disse...

Espero que não seja você acima (é sério)...

Amar a todos pode, mas não tem compartilhar a dor de todos, é impossivel...

Sem problemas com a atraso dos selos, só cuide-se de si, ok?

Fique com Deus, menina Senhorita Elis.
Um abraço.

Dai disse...

O problema é justamente amar tanto os outros e esquecer de amar a si mesmo..
Isso me ocorre..quando amo, amo demais e isso irrita muito(a mim e aos coitados dos outros que são amados)
Adorei o texto..

Beijinhos

*Natália* disse...

Nossa... que loucura é essa de amar demaaaaaais.

Beiijos.

São disse...

Papa João XXIII, aprecio.
Também amo Albino Luciani.

Fique bem

Drêycka disse...

oiiii

Vim aqui te convidar a ler este post legal do NO DIVÃ DAS DIVAS! É de minha autoria e se chama SE CORRER O BICHO PEGA, SE FICAR ELE NÃO TE COME. É um texto feminino com muito humor e crítica ao sexo masculino - como sempre. Espero que goste!

http://nodivadasdivas.blogspot.com/2009/11/se-correr-o-bicho-pega-se-ficar-ele-nao.html

Bjs