terça-feira, 13 de outubro de 2009

Não espere...



Conforme fui crescendo, estabeleci pra mim a seguinte linha de pensamento em relação ao convívio social: nunca espere absolutamente coisa alguma de alguém, isso vai te evitar muitos acessos de raiva, decepções e lágrimas....
Pois deu-se que eu, teimosa e esquecida que sou, contrariei meus próprios princípios. Achei que podia ser diferente, que desta vez poderia esperar sem me decepcionar . Abri mão de certas coisas aqui, cedi em certos pontos ali, desdobrei-me em fazer o que estivesse ao meu alcance em busca não só da minha felicidade. Não me dei tão bem quanto esperava a princípio... leh dar com pessoas dá trabalho e se ligar nelas mais ainda.... A consequencia foi de forma já conhecida: não precisei da gota d'água, acabei por transbordar sozinha. Inúmeras vezes. Milhares de pensamentos fervilhando na cabeça enquanto o rosto queimava com as lágrimas..... Os olhos inchados refletidos no espelho ordenavam que eu parasse. Parei e me decidi sobre o que fazer.
Voltei a conhecer o significado da palavra segurança, recuperei a calma e encontrei o caminho certo pra felicidade de novo. Mas uma coisa eu digo: não volto a esperar mais nada. Não que eu não acredite mais nem que tenha perdido a confiança ou até mesmo o encanto, pois tudo isso se mantem vivo em mim. Digo que não esperarei mais nada pois devo entender que ninguém é como eu, ninguém vai agir da mesma forma que eu. Cada um age de acordo com seus princípios e pronto. Cabe a mim saber lidar com a situação e é o que vou tratar de fazer, tendo bem diante dos meus olhos um motivo mais do que bom pra isso saber que tenho tudo de bom nem melhor nem pior que ninguém.... eu vou vencer eu quero eu vou conseguir..!!!!

10 comentários:

Lemos, Fernanda. disse...

Decida-se pelo amor, não pelas feridas; afinal, cada um sabe o que fazer na hora em que faz e todo mundo pode te não te machucar mais, desde que você decida por quem vale a pena sofrer! Dizem que sofrimento melhora o caráter. Eu não sei se é bem verdade, mas é inegável o fato de que ele ajuda MUITO a gente a crescer.
Boa sorte com seus rastros de esperança.

Beijos ;*

Lua disse...

Lindo o texto.
Va em frente, siga seus instintos e seja feliz acima de tudo!

beijos.

Bruno disse...

Muito forte seu texto. Lembrei de mim em algumas epocas. Sucesso!!

Tati Rodrigues disse...

'Cada um age de acordo com seus princípios e pronto'
Pena que alguns desses princípios não façam parte da essencia desse cada um na maioria das vezes... e o ser eu fica para o ser quem todo mundo diz que tem que ser... e não se vai além da mediocridade.
Penso que as pessoas sejam medrosas de mais para isso e por isso jamais podem viver o amor na sua intensidade e totalidade, afinal estes (medo e amor)são opostos.
Li num blog essa semana 'o amor é sentir dor com prazer' e neste contexto do seu rio de lágrimas acho que é por aí rsrs
mas também me lembro de Patch Adams 'O amor é contagioso'.

Fico por aqui. Belo post, melhor ainda a atitude e a sinceridade...=)

bjs e até.

Dama de Cinzas disse...

Cada vez eu espero menos das pessoas e cada vez mais eu vivo tranquila nesse quesito...

Beijocas

Paulo Vilmar disse...

Srta!
Apesar de achar o texto um pouco hermético, solidarizo-me com eventuais abusos que possam ter havido, afinal, lidamos com pessoas...
Beijos!

(marta selva) disse...

ah. meu sonho eh viver assim..nao esperar, nao criar expectativas... mas hj em dia, ja acho meio impossivel.
parte de mim queh viver acreditando que dessa vz vai ser diferente, e mesmo que venham cicatrizes, elas vao trazer novos aprendizados...

;*

caurosa disse...

Olá minha cara Elis, que bela e profunda reflexão. Muito bom.

Muita paz e harmonia,

Forte abraço

CAurosa

Lucas Lima disse...

por vezes os momentos de espera, são pausas na vida, rs
bons dias

Daniel Savio disse...

E todos nós torcemos por ti menina, por isso levante a poeira quando ela tentar acumular nas suas sapatilha que escolheu para dançar a vida...

Fique com Deus, menina Senhorita Elis.
Um abraço.