segunda-feira, 8 de junho de 2009

Eu acho desnecessario....



Pensando estes dias eu ja tive medo de ficar uma pessoa amarga, não acreditar mais em muitas coisas pois muitas situações em minha vida me levam a isso..., hoje isso passou, descobri, vi, senti que sou capaz ainda, sim, de acreditar, de apostar, de arriscar em muitas coisas [outras eu preciso e vou reaprender...]. mas às vezes eu tenho medo de começar a ficar paranóica com as pessoas, as reações das pessoas em certas atitudes em relação ao viver... . Existe uma frase do Oscar Wilde que eu gosto muito..."A gente sempre destrói aquilo que mais ama, em campo aberto, ou em uma emboscada; alguns com a leveza do carinho, outros com a dureza da palavra; os covardes destroem com um beijo, os valentes, destroem com a espada". . Pensei nela hoje por uma circustancia em que passei onde me deu medo dessa maluquice humana em que nossas vidas estão se tornando - Onde essa frase condiz seriamente digamos em nossas relaçãoes cotidianas...
Para que essa necessidade que os seres humanos tem de se sentir seres infinitidamente "melhores"...sei lá, parece que muitos se condicionam em viver de rupturas definitivas de sair da vida das pessoas deixando um rastro de destruição, de más lembranças, de mágoas, e raiva, e lágrimas, e palavras duras.... Acabou a amizade, tem que falar mal. Acabou o amor, tem que trair. Acabou o carinho, tem que destratar, acabou a confiança, tem que ironizar. acabou a necessidade, tem que esnobar...nossa, gente, pra quê? Será que não dá pra entender que tem coisas que simplesmente acabam? Fases que passam, sei lá...não dá para por um ponto final, e apertar as mãos, e se respeitar, e seguir cada um seu caminho - precisa destruir o que ficou, botar fogo no que restou, prejudicar o outro, pra seguir em frente achando que só assim vai ser feliz?

às vezes eu chego a me perguntar, que necessidade maluca é essa de algumas pessoas de deixar ao menos um sentimento negativo pra trás, ao menos como uma forma de ser lembrado...mas pra quê? isso faz bem pra quem, faz quem feliz, é útil pra quê?

acho que eu ando cética - ou com um medo beeeem disfarçado, guardado no fundo. mas isso me entristece tanto, assistir esse tipo de coisa me desgasta tanto, ter que continuar vivendo isso com cada fim, de cada relaçãozinha, seja ela amor, carinho, amizade, trabalho, anda me cansando, me desiludindo, me dando vontade de não acreditar em nada....
Mais quando tudo isso vem a minha cabeça me lembro do que os poetas nos ensinam... que para se viver bem devemos sempre parar e fingir demencia.. ..( essa e boa demais...srs)!

8 comentários:

Toninho Moura disse...

É legal pensar na vida, indagar, descobrir.
Tudo pode ficar sério, ou engraçado..., ou curioso.

Dama de Cinzas disse...

Eu tenho sentido exatamente a mesma coisa... Uma espécie de decepção com a humanidade. Acho que tem a ver com a minha recente separação. Parece que não construímos nada e deixamos de pé... A gente constrói e a coisa desaba assim que damos alguns passos...

Enfim, um dia chego a uma conclusão... rs

Beijocas

Diamante's disse...

Obrigado por se preocupar e por me visitar...já te linkei akee!

- Mesmo desmotivado, acredito em um novo amanhecer!

Paz .

Paulo Vilmar disse...

Srta.!
Já dizia Fernando Pessoa
..."Quem me dera ouvir de alguém a voz humana
Que confessasse não um pecado, mas uma infâmia;
Que contasse, não uma violência, mas uma cobardia!
Não, são todos o Ideal, se os oiço e me falam.
Quem há neste largo mundo que me confesse que uma vez foi vil?
Ó príncipes, meus irmãos, ..."

Belíssimo texto!
Beijos

Matheus Lemes disse...

Olá doce Elis...
Faz tempo que não conversamos, você nunca mais apareceu no meu blog.. Veja as coisas novas de lá..

Xeero!

Maria Clara Tavares disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria Clara Tavares disse...

É bem dificil lidar com essas situações, mas eu tento ser sempre a mesma, mesmo que as outras pessoas tentem me deixar mal eu continuo as tratando bem. Como diz um velho proverbio chinês: "Nada melhor do que tratar a indiferença com a gentileza."

.........

Obrigada pela visita e pelo comentario flor! Não a tenho add, mas farei isso agora mesmo e voltarei mais vezes! Espero suas visitas também. Beijos

Andréia disse...

tbm acho isso desnecessário. Para que padronizar as "reações"? fala se n tem hora que dá vontade de ir morar em marte? rs

mas enquanto isso não te influencia vc n tem que se preocupar, e sim se lamentar por aqueles que vivem em bolhas agindo e a reagindo da msm forma..